Zonas

Coloquei esse texto retirado do livro “O Sítio Abundante – Co-criando com a Natureza” escrito pela permacultura Marsha Hanzi, pois achei muito objetivo e claro para definir as Zonas.

 

Para facilitar o planejamento, a Permacultura criou ZONAS, que nada mais é do que definir a distância entre a casa e os demais elementos (galinheiro, horta, etc.). O raciocínio é simples: o que exige muito trabalho e visita, coloca-se perto da casa, e o que exige poucos cuidados, longe.

A forma e o tamanho das zonas está de acordo com a situação individual: visa-se produzir 80% do alimento da família a cerca de 20 metros da casa.

Para exemplificar: se o galinheiro ficar a 250 metros da casa, você vai andar 500 metros para cuidar das galinhas e coletar os ovos. Multiplicado por 300 (dias), isto dará 150 quilômetros que você andará em função das suas galinhas em um ano… Em compensação, se o galinheiro ficar a 10 metros, a distância percorrida cai para três quilômetros por ano… Ainda podemos colocar uns canteiros de ervas no caminho para aproveitar a viagem. (Bill Mollison, sugere que se plante as verduras para as galinhas do lado direito do caminho em direção ao galinheiro, e as hortaliças da cozinha no lado oposto, para serem colhidas no retorno… Claro que, no caso dos canhotos, os lados se inverterão.)

Zona 01

  • Horta
  • Horta medicinais (espiral de ervas)
  • Minhocas
  • Caixa d’água
  • Composto
  • Animais silenciosos (Meliponídeos, coelho, preá, etc.)

Entre a Zona 1 e Zona 2

  • O galinheiro (para que as galinhas possam consumir restos da horta e dar uns passeios rápidos na zona 2, no final da tarde).

Zona 02

  • Agrofloresta doméstica (pomar), intensamente manejada
  • Roças pequenas e intensivas para o consumo constante
  • Hortaliças silvestres (taioba, inhame, aipim, bertalha)

Zona 03

  • Agroflorestas comerciais manejadas
  • Bosques para lenha doméstica
  • Roças comerciais e anuais (em clareiras da agrofloresta)
  • Pequenos pastos para animais de estimação

Zona 04

  • Floresta de Extrativismo (árvores nativas que se visitam somente numa época do ano
  • Madeiras
  • Materiais de construção em geral (bambu, etc.)
  • Pasto para animais de corte

Zona 05

  • Floresta nativa não manejada: santuário, onde vamos parar, meditar e aprender
  • Reflorestamento das áreas de acesso difícil, muito íngreme, situações frágeis
  • Áreas de captação de água (podem ser enriquecidas com bananeiras

2 comentários sobre “Zonas

  1. Esta parte sobre as zonas de Permacultura é a que esta mais completa, mas aconselho -vos a ler Permaculture – A designers manual do Bill Mollison, que é o Pai da Permacultura, o seu trabalho deve ser aproveita -do e utilizado da melhor maneira possivel, pois foi para isso que ele o deixou escrito…
    Tenho alguns conhecimentos em Permacultura, e se quizerem alguma ajuda, não esitem em contactar -me, um abraço
    Vanessa Oliveira

    • Olá Vanessa,

      Tudo bem? Desculpas pela demora na resposta. É que a correria é grande e nem sempre tenho acesso a internet no momento.
      Agradeço sua atenção e fique a vontade para contribuir com informações. Tem muitas coisas que precisamos melhorar e mesmo isso que achássemos que estava ideal, sempre iríamos querer melhorar. A ideia do blog não é reproduzir, mas socializar um pouco da experiência que esse grupo de amigos aqui do interior do Ceará está fazendo, afinal informações sobre permacultura tem a rodo ai na net. Por conta de vários motivos demos uma parada nas publicações, mas pretendemos em breve retornar com mais eficiência. Agradecido pela atenção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s