Minicurso – Permacultura Urbana: Uma proposta sustentável para as cidades.

O minicurso será realizado nos dias 20 e 22 de Junho, de 18h30min às 22h00min, e dia 23 de junho, de 08h00min às 17h00min, na Escola EducarSESC – Sobral.  O curso terá  momentos teóricos e práticos, onde teremos a oportunidade de conhecer, aproveitar e co-construir um espaço onde são desenvolvidas diversas atividades permaculturais. Esse evento será realizado pelo SESC – Estudos Ambientais (PCG) * e terá como agentes facilitadores e apoio pedagógico, Tiago Silva, Luana Gondim e Eduardo Fontenele, membros do Grupo de Permacultores de Sobral.

* – PCG: Programa  de Comprometimento e Gratuidade (Gratuito: para pessoas que estudam ou concluiram os estudos em escola pública e com renda familiar de até 3 salários).

Difundindo a Permacultura.

No dia 06 de julho de 2012, ocorreu no Auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE / Campus Sobral, a palestra intitulada Permacultura: Resíduos Sólidos em Assentamentos Humanos Sustentáveis. A ação fez parte da programação da IV Semana do Meio Ambiente do IFCE. Infelizmente o nosso amigo / irmão Tiago Silva não pode comparecer, como constava na programação, ficando comigo a missão de apresentar um pouco sobre a visão Permacultural e sobre o Grupo de Permacultores de Sobral. Participaram da atividade estudantes dos cursos de Irrigação e Drenagem, Saneamento Ambiental, Técnico em Meio Ambiente e Técnico em Fruticultura.

Os resultados alcançados foram além dos esperados, foram além dos tópicos apresentados, estabelecemos mais uma, ou melhor, mais de uma trama nessa rede de conexões cultas e ocultas, formais e informais, pessoais e institucionais que cresce a cada dia. A semente foi plantada, agora vamos esperar os frutos dessa semeadura, novas ações, vivências que venham a fortalecer os laços estabelecidos. Gratidão a Aline Carvalho, Responsável Técnica pela Especialização em Gestão Ambiental do IFCE / Campus Sobral, que possibilitou a nossa participação no evento.

Ecoalfabetização e Permacultura na Escola, Sobral, Ceará – Zona 1

Dessa vez estou socializando as atividades de um trabalho que está sendo realizado na Escola Educar SESC, através de ações que envolvem conceitos e técnicas da permacultura e da ecoalfabetização.
O trabalho faz parte do projeto que já vem sendo realizado no SESC desde 2005, o Agenda Ambiental, tivemos a oportunidade de expandir ações focadas no cuidado com as pessoas e a terra dentro da escola.
O público trabalhado são crianças do ensino infantil (III, IV e V) e fundamental (1, 2, 3, 4 e 5º ano), educadores e funcionários. Acreditamos que um projeto, principalmente em escolas, só funciona de fato, se houver integração e envolvimento de todas os setores, inclusive a família.
Diversas atividades foram realizadas durante o projeto, podendo ser dividido em três momentos, a saber:
•Implantação da horta – construção de canteiros de diversas formas (ondas, borboleta, espiral, carta de baralho, coração) com a participação de alunos, educadores e funcionários, reutilizando materiais como telhas abandonadas; produção de mudas, a partir de garrafas PET; de plantas medicinais e hortaliças (fotos das atividades);
•Manejo da horta – adubação com esterco animal e adubação morta com palha de carnaúba; poda de árvores; compostagem reutilizando materiais de poda de árvores e palha de carnaúba; irrigação; plantio direto; sementeiras; transplante de mudas;
•Educacionais – dia de mutirão com educadores/as e funcionários/as; oficinas de avaliação e planejamento das ações; dias de visitas das turmas de educandos para realização de plantio; construção de canteiros;
Nota

Palestra sobre Permacultura – Semana do Meio Ambiente – Sobral – Ceará

Nessa semana através de um contato do Grupo de Permacultura de Sobral – GPS e o SESC, através do Programa de Estudos Ambientais, irá ser realizada uma Palestra com o tema: Design em Permacultura: a experiência do sítio Floresta, Eusébio-CE.

O facilitador será Marcelo de O. Sindeaux é Técnico em Edificações, graduado em Ciências Sociais e há seis anos aprendiz de Permacultura.  Em 2009 teve a oportunidade de estudar, visitar e vivenciar, como voluntário, experiências permaculturais na Austrália e Nova Zelândia. Atualmente trabalha no Ambiente de Responsabilidade Socioambiental do Banco do Nordeste, dedicando-se, nas horas vagas, à implantação do Design Permacultural do Sítio Floresta e demais atividades do Instituto de Permacultura do Ceará – IPC, do qual é membro fundador.

Esse será um mote para que possamos retornar nossos encontros e quem sabe se chegar mais pessoas.

Durante todo o mês de junho terão atividades através do mês ambiental que será comemorado pelo SESC.